domingo, outubro 15, 2006

O QUE SERÁ?

Ando meus dias um a um
Enchendo a barriga e as vistas
Continua o vazio

Passo meus passos como posso
Sopro vento e levanto vela
Mas não se escuta o uivo

Espelho olhares em papéis
E meus pés escassos de espaços
É, eu sofro mistérios

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
Múscia que recomendo: "Nada Pra Colher No Jardim" do Paulinho Moska

16 comentários:

Poeta Matemático disse...

Sim...

meus dias também têm sido assim...

Tahkren disse...

Belo poema, mas pôxa... Tá todo mundo se sentindo assim hj?
Bola pra cima galera! eheh
(belo poema mesmo!)

vanessa_fmc disse...

Pode ter certeza de que você não é o único a sofrer mistérios... A sua sensibilidade faz com que o seu público se identifique com o que você escreve! Todos já passaram por momentos assim. E o que será??? Calma que por trás de um grande mistério tem sempre uma surpresa boa... Beijo grande!

Nanna disse...

Adorei isso!

Beijinhos...
:)

sandra disse...

Será?... são mistérios que movem o desejo... são os espaços vazios que preenchem nossas nessecidades!! será isso a vida?... (Adorei "Espelho olhares em papéis", é lindo!!!) meu beijo, poeta!

arethuza disse...

Oii!
O que será?
O que será isso que se sente mas não se traduz...adorei seu poema, Leandro, não só pelos mistérios que de certa forma faz a nós leitores, mas também porque nos faz ver os nossos próprios mistérios...muitos devem continuar assim, sendo o que são, nem mais nem menos além de mistérios...

Múcio Góes disse...

esqueça o desencanto,
ouça mais
os que dizem canto!


belo poema, Jardim!

[]´s

Keila Sgobi disse...

Desculpa, mas acho que já li este seu poema. É verdade?

Bjs!

Marcellinha disse...

Procure o lado bom de estar só, não só o sofrimento!
Lindo, mas... Saudade dos poemas felizes...
Bj Bj

Lia Drumond disse...

Seria tédio? Ou vontade? Adorei a última estrofe!

Carol M. disse...

Incisivo. Cortante. É isso!
Besos!
Carol M.

Maia disse...

Vai ver eu tb. Voltando depois de um mês inativa e descobrindo vocês mais coloridos! Até.

Assim é, se lhe parece disse...

Sei bem como são seus dias...
Barriga cheia e a eterna "fustigação" do que nos é inato...

que deus tenha Artaud

Aline disse...

Você cada vez melhor.

Belas palavras :) :*

Bill disse...

"Espelho olhares em papéis"

No todo poetico, simplesmente perfeito.

[s]s

Rayanne disse...

Sofrer de mistério é caso sério,
É como amor sem olhar,
é como um beijo sem flor.
Coisas que a palavra pode curar,
Mistérios para apagar a dor.

**Estrelas**