quarta-feira, novembro 15, 2006

convite

e nessa hora
de afazeres,
os desejos e
as palavras e
as promessas
se confundem,
e a vida que
se esvai aqui
lateja em tão,
vou te dizer
bem agora:
não demora,
sou pra hoje!

7 comentários:

Jefferson de Souza disse...

Só se for agora! ;)
Heheheheheheheh...

Bjão, Nanna! =*

moacircaetano disse...

em mim também vive a urgência!
beijos!!!!!!!!!!

Múcio Góes disse...

eu sou urgente,
e o meu agora
é sempre sempre.


bjo!

Leandro Jardim disse...

agora
há gotas
de agosto
e outras

hehe... lindinho

Bjs du Jradinzinho

sandra disse...

ótimo convite!! direto e poético!! muito bom, moça!!

Juliana Pestana disse...

eita imediatismo poético!! :-)
pq a vida é pra ser vivida no hoje... amanha já pode ser tarde demais!

bjos meus.
flores em volta.
;-)

Aline disse...

Urgência palavra de ordem para todos que vivem!

Bezitos :D