domingo, maio 27, 2007

...

Não sei contar o que encontro ao revirar o olho.
Nem vou cantar o que espanta ao reviver o fato.
Guardo no não a possibilidade.

6 comentários:

Marla de Queiroz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marla de Queiroz disse...

(sus)penso em passos de (mu)dança (?)

Marlabraços.

Larissa Marques disse...

o não é o padrão, batalhemos para ganhar o sim.
beijo e saudade de você!

Aline disse...

Palavras sempre profundas... Filosóficas.

Beijos!

ZeRo S/A disse...

Muito interessante...

moacircaetano disse...

Caramba!
Conciso e preciso!