domingo, maio 13, 2007

PRODUÇÃO INDEPENDENTE

euvou
terqueser
muitobom
praalguém
lermeou
verme

14 comentários:

*Caroline Schneider* disse...

Schön... pelo jeito, então, já o és (mto bom)!!!
E, sabes, vermes (o outro sentido q pode ser lido na última palavra do poema) existem aos montes em jardins... e por causa deles existem flores e árvores e frutos tão belos! Porque eles habitam a podridão do esterco que nutre a terra... nossa! veja como o mundo é um ciclo mesmo! um maravilhoso ciclo onde a lei da causa e efeito pode ser vista todos os dias, em tudo, basta estarmos atentos. E tua poesia é isso, meu lindo, resultado da tua contemplação! Ótimo domingo. Beijocas estaladas*

Sandra Regina de Souza disse...

Você é muito bom pra alguém não perceber... (desculpa-me por frustrar suas intenções...rsrs...) beijossssss

moacircaetano disse...

jáé
muitobom
eporisso
euaqui
alereser
fã!

Mary disse...

muitobom!

Adorei! E gostei do comentário da Caroline. :)

Beijoss

Nomundodalua disse...

poiseh
avidanao
éfacil!

:P
gostei!!
:D:D
x*

Marcos Côrtes disse...

enfim, ver-me-cidas, somos nós, ou não. ; )

carolice disse...

que brincadeira mais bonita com as palavras! saudades da poesia.
parabéns, Leandro.

Bill disse...

Que bacana, jogo e ideia das palavras.

Já es meu caro... ja es.

[s]s

Aline disse...

Conquistastes mais uma fã :D

Aline disse...

rs
nem disse quem era!
sorry!

Uma colega aqui achou o carioca daí, eXpectacular :D

Jefferson de Souza disse...

Nem precisa de esforco, olhem só...



(E Fejones volta à terra do teclado sem ce-cedilha...)

1[]!

Anônimo disse...

verte verde vero
vendo-o já maduro!
Excelente
pai orgulhoso

diovvani mendonça disse...

Camarada!!! E não é que vou, engarrafar este seu poema, lá na minha árvore? Ah, se vou. AbraçoDasGerais.

Anônimo disse...

Amiable post and this fill someone in on helped me alot in my college assignement. Thanks you on your information.