terça-feira, julho 10, 2007

no meu colo
colares,
no meu olho
olhares,
me planto,
me pinto,
requinto-me
o instinto,
existo,
mil pares
de mares
despisto,
me santo,
me sinto,
e se insisto
conquisto,
só por saber
que
ser é isto.

5 comentários:

Sandra Regina de Souza disse...

Olhares... lugares... é isto ou desisto?
Beijos à flor da pele

moacircaetano, todo prosa! disse...

Grande Múcio!
E ser poeta é exatamente isto!

Juliana Pestana disse...

E o que é mesmo isto???? ;-)

Aline Borges disse...

e nisto
eu insisto!

Bjos!

Leandro Jardim disse...

e sem-
pre seremos
isto
que quando mais
mais
que isto


hehe, bueníssimo