sábado, julho 14, 2007

Pergunta

Meu bem,
você pode me dizer
se me ama... ou é só atração física?
Poderia, por favor,
ser um pouquinho só mais específica?

Você pode? Ou não sabe?
O que te dirige é o tesão
ou só saudade?

Quando pensa em mim,
é com a mente,
com as glândulas
ou com o coração?
Eu te faço perder a razão?

Por acaso
nosso caso
é de romance ou de polícia?
Se baseia em dor ou em delícia?

Me desculpi, ainda não entendi bem...
ainda não entendi, meu bem,
o que você quis me dizer.
Você realmente me ama,
você se ama quando me ama,
ou ama quando eu amo você?
É difícil compreender...

Pois os seus olhos
não encaram os meus olhos
mais que o tempo necessário
ao nosso intercurso carnal.
Seu beijo não tem desejo...
beijo sem extensão...
sem etcetera e tal!
Seu abraço é meio de longe,
um abraço de quem se esconde,
abraço-cartão-postal.
Só se entrega por completo
na hora mesmo do sexo,
na hora do ponto final.

Afinal, você me ama
ou só ama o meu pau?

6 comentários:

Anne Baylor disse...

Uala..
Que final bombástico..
Realmente não esperava ..

Muito bom.
Adorei.

Um bjao e aparece no meu canto.

=]

Clóvis disse...

Rapaz, isso é música.
Música das boas!


Belo poema!
:)

fabio jardim disse...

de tirar o fôlego!
muito bem escrito!

Márcia(clarinha) disse...

Pra ler num só fôlego até ficar sem ele e concluir que: quem ama um ama outro com igual intensidade.
beijos

Leandro Jardim disse...

haha, xuxu beleza! gran finale!

Aline Borges disse...

Concordo com Clovis! Bem musical.
Lindíssimo.

Saudade de conversar com o sr. :D

Bjão.