quarta-feira, julho 18, 2007

um bocado de beijo,
um olhar-de-desejo.
há braços
e as pernas
[together].
suor e saliva.
você, tão quente.
eu assim, derretida.
nesse enquanto
de explosão
e gemidos.
e, num segundo,
perdemos o rumo,
encostamos no chão.
então, eu eternizo
o nosso sorriso
nas batidas do coração...

3 comentários:

Ramon Alcântara disse...

Pego um copo e te contenho, em seu processo de umidificação. A bebo em dois goles e agora seu liquido pulsa meu coração. Sempre me deixa pensativo, a noite... outro efeito dele. Abzzz

moacircaetano disse...

e eu, eternizando o desejo nas tuas palavras...
beijo!!!!!!!!

Leandro Jardim disse...

ela sabia de cor,
ação e canção
mas não cansava
da situação:
voava ao redor

bonito, beijos