segunda-feira, agosto 25, 2008

temporal

O tempo não passa
nada que aconteça
nada que se faça
O tempo não passa
E permanece
Em um mesmo instante impreciso
Um rastro de riso
Que não se apaga
O tempo não passa
O tempo passeia
Nas horas vagas

9 comentários:

Múcio L Góes disse...

o tempo tbm trapaceia.

lindo, czá!

xero

Fernanda Leturiondo disse...

O tempo não deixa nada no seu lugar.

Welker disse...

O tempo é uma doença crônica que há de matar a todos nós... saber que vamos morrer é chato, preciso de um sorvete.

Yara disse...

nos cronômetros
o tempo

nos termômetros
o temporal

nas têmporas
pressão

nada passa

Thiago disse...

tempo tempo tempo...ele passa sim, tão rápido que nem damos conta do quanto foi levado por ele. Linda poesia!

moacircaetano disse...

O tempo não nos dá tempo
de passa-tempo...

aline disse...

e ainda que passe
renasce.

Sandra Regina de Souza disse...

O tempo não passa... quando a gente pressente... que o passado se faz presente! ah... divagações...rs.. muito bons os versos, Cza! bjo

J.F. de Souza disse...

temporão


o tempo chegou antes
e transformou tudo
em passado