domingo, dezembro 10, 2006

ESPECTROS E EXPECTATIVAS

inspirado num belo texto de e para Mônica Montone

Espectros e expectativas,
sentimentos expectorados,
tossidos pelos passares da vida.
Noites que não existiram se explicam,
assim como acontecimentos intensos cimentam.
Assim como se vale a existência
pelo que nela se expande.
Seja só por sua presença
ou o alto valor da ausência.
Pois que se algo aqui se almeja,
que seja!

8 comentários:

Marla de Queiroz disse...

Têm noites que valem uma existência,
e existências que merecem a celebração
de uma vida inteira.

Meu parceiro de prosa, poesia, de copo, de vida.
Meu companheiro dessa incrível viagem
de inusitadas, familiares e desconhecidas paisagens.

Todos os beijos.

Múcio Góes disse...

Caro Jardim, que assim seja!

"Deus é o existirmos, e isso não ser tudo". [pessoa]

forte abraço, Poeta!

Mônica Montone disse...

Uau! Tá querendo me matar do coração? Obrigada, querido! Fiquei imensamente feliz em saber que meu trabalho trouxe inspirações [boas!!!!]... ;o)

beijos

MM

Marcellinha disse...

É isso, que seja!
Bjs

moacircaetano disse...

...e que assim seja!

Bill disse...

Humm que bacana... Que seja o que tem que ser... e se for como as palavras e a dona querida Monica será belo.

Muito bom.

[s]s

Nanna disse...

A existência que nos inspira...

Beijos.
:)

mary disse...

Belo! :)