terça-feira, dezembro 05, 2006

uma balada para dois

Tem tanta dor dentro desses copos,
Tem tanto ardor dentro desses corpos
E tanto, tanto nesse vezenquando
que vezenquando tudo é encanto.

(Mas o ideal inda tão distante
interrompe
o toque, o gole, o trago, a verve, o canto).

Por ser real
Por estar tão próximo
E por ser possível,
Há de parecer
tosco
pouco
óbvio
(Mesmo, vezenquando, sendo incrível).

Talvez, um dia,
quem sabe a dois
no bar da esquina,
na praia,
na fila do banco,
no trânsito.

Ela com seu ideal,
ele com sua perfeita:
duas pessoas colhidas
para caberem nas suas antigas
e comportadas frases feitas.


Bem poderia dizer que a minha convidada dispensa apresentações, mas, há quem não a conheça, ainda. Ela vem do Rio, e, faz parte daqueles motivos que nominam a cidade de “MARaviLhosA”. Poeta em tempo integral. Escritora fina. A mais pura personificação da alegria que já encontrei nessa vida. Em meia hora descobri que não somos desse tempo, a gente vem de longe, e, nos reencontramos para diluir em versos esse amor de milênios. Minha convidada é minha amiga, minha irmã, minha mãe, e meu amor. Enfim, se Gil a conhecesse cantaria: “o Rio de Janeiro continua Marla...”

Mais em: www.doidademarluquices.blogspot.com

17 comentários:

André Lasak disse...

Marlavilhosa! :D

Grande escolha, Múcio! Abração!

E beijão pra companheira de copo Marla "Vlap"!

Rayanne disse...

Tão linda.

Esse aqui entrou que nem um adaga fina, violando a carne escura das expectativas.

Porque tudo o que a gente tanto busca
tanta vez
tanto sempre
Talvez

Seja caber direito
Nessa frase perfeita.

***Estrelas, sempre***

Te amo, flor.

A czarina das quinquilharias disse...

ela merece. linda! :)

Juliana Pestana disse...

E eu que sou fã dos dois fico até emocionada só de ler.
A boca quase rasga num sorriso sem fim.

lindo os dois... lindos sempre!
Amém!
:-)

bjo grande
flores muitas
cores múltiplas

Juliana Pestana disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Eu* disse...

Lindo o poema de Marla(nome tao singelo....passa tanta coisa boa pra mim....)E esta frase de Múcio, pra mim, é a mais linda que alguém já escreveu para alguém:
"Minha convidada é minha amiga, minha irmã, minha mãe, e meu amor."
Parabéns para os dois!

Leandro Jardim disse...

da convidada que posso dizer?

minha companheira de êxtase carioca
que brilhou "a trois" por dias aqui
ao passo do calor de raios de estrela
(outra que não há quem não ame: rayanne)

Minha dupla de bailado na paulista
em meio a puehtada fizemos a festa
era vento nos cabelos e ela na testa
par perfeito na tal terra à vista

se o amam seus amigos virtuais, que posso dizer eu? acho que é mais... se possível for, ai!

e do poema?

um bala dá para dois
tem tentador dentro desses olhos
que quandoemvez...
ah, quando em vez
de deitar frases desfeitas
desvendam os tais
feitos que inventam

*linda ao quadrado: ela e seus belos quadros

beiJardins nessa Marla (pra quem tem homenagem no meu blog também)

e abraços nesse Múcio de chocolate que sabe o que é doce

Ju disse...

Ela pra mim é a própria poesia q virou gente.

Lindo demais :)

Muito bom vir aqui.

Bjs

vahnzz sam disse...

Excepcionalmente maravilhos!

Berlim.T disse...

ai que delicia..
vou deixar as palavras..
de molho no chopp..
e voltar outra hora..

e aproveitar..
que a poesia..
está on..
e dizer..
só para ela..
rss..

sabe como..
são essas coisas..
possessividades arianas..

e já até escuto..
um ooh menina vai se tratar..
e uma estrondosa gargalhada..

então um brinde..
por que estou muito feliz..
de ver sua fonte literária..
molhando outras frontes..

linda homenagem..
justa posição..
marlarida é coisa nossa..
mas com carimbo de exportação..

parabéns e obrigada..
a você e sua ilustre..
convidada..
adorada..
salve..
salve..

e me dá..
outro chopp..
pq não sei fazer..
tim tim..
no virtual..

AMEI!!

Nanna disse...

Um par-perfeito!

Dois beijos de fã...
:))

diovvani disse...

Tú não tá fácil né? Cabeceando poemas por aqui também. Eh, morena, cê vai longe. AbraçoDasMOntanhas.

moacircaetano disse...

Ah, não, Múcio!
Assim não vale!
Convidar a Marla é como bater pênalti sem goleiro! rs...
A Marla é maravilhosa, dizer o que? Me encanto com a forma com que ela escreve, com suas palavras sempre colocadas no lugar exato, com seus sentimentos escorrendo por cada verso...
E além de tudo, ela é liiiindaaaa!!!
Como pode?

Cristina Loureiro dos Santos disse...

Parabéns aos dois!

:)

Sandra Regina de Souza disse...

É preciso mais que um trago/pra sorver a branca e ácida inveja/que vem na enxurrada de amantes promessas/...citações públicas de encontros (clan)destinos! Bjos

Mary disse...

Belo poema! :)

Beijos aos dois!

Jefferson de Souza disse...

Excelente, excelente!

Excelente escolha, mr Mucio!
Excelente escrito, Marrrrla!

Vezenquando é bão tamém... =)

Bjão, Marla "Vlap"!
E 1[], mr Múcio!