quinta-feira, dezembro 21, 2006

Poema com (algum) sentimento*

Depois de nosso último encontro,
naquele fatídico evento,
uma questão perturbadora
dominou meu pensamento:
Seria esse amor que sinto
apenas coisa de momento?
Será que nun tô confundindo
com algum outro sentimento?
Seja o que for, não é concreto
(Falta cimento)
Como se, assim que soprasse
mais forte o vento,
ele pudesse levar tudo isso
para as brumas do esquecimento
Ah, isso tudo está além
do meu conhecimento...
Pra esse necógio de amor
eu tenho pouco talento...
Não gosto de falar
dessas coisas que mal entendo...
Sinto que te amo
mas não garanto 100%

11 comentários:

Juliana Pestana disse...

rimas gostosiiiiiinhas...

mas quem é que sabe 100% sobre o amor, hein poetaaaa?!

Bjos meus

Juliana Marchioretto disse...

adorei.
caiu como uma luva..

beijo

A czarina das quinquilharias disse...

adorei :)
especialmente as riminhas finais.
bjo, zé feijão!

Rayanne disse...

ahahahahahahahahahaha.
Que distraído.

**Estrelas**

moacircaetano disse...

ah, Fejão...
Esquenta não!
O amor
é essa coisa assim
feita de pequenas bobagens!
E é por isso
que não pode ser expresso
em porcentagem!

Anônimo disse...

Mas que bonito isso, moço...
Beijo,
Alice

www.asmaravilhasdopaisdealice.blogger.com.br

Aline disse...

Final Nelson Rodriguiniano :D

Muito bom.

bjo.

:)

Leandro Jardim disse...

Hahahaha!! Muito bom Fejones!

Sandra Regina de Souza disse...

Adorei, moço!! Muito bom!! beijos meus

Nanna disse...

Hahahahahah
Dear, fantástico!!!!

Um monte de beijos pra vc!!
:)))

Andrew disse...

cara...
que poema incrível!!!

mandou bem irmão!!!

Abraço!!!