domingo, maio 10, 2009

Lar

para minha mãe, Dolovira


Pra mim,
não há lugar
como debaixo da tua asa,
ó mãe,
minha
casa.

É que eu peguei gosto por
voar...

8 comentários:

A czarina das quinquilharias disse...

awww

Ariane Rodrigues disse...

que meigo, a gente até consegue entender que tu voes...

Mariana Botelho disse...

que doce, esse menino...

Nadja disse...

Lindo isso!


:*

Múcio L Góes disse...

frijoles... bonito isso, camarada!

=]

Aline disse...

ê, mãe!

lindo lindo.

moacircaetano disse...

a gente voa, mas nossas infâncias vão junto, em algum lugar...

Renata de Aragão Lopes disse...

J.F,

seu presente ficou
encantador...

Obrigada pela visita
ao doce de lira!
Aguardarei seu retorno.

Um abração!