sexta-feira, outubro 24, 2008

a mulher e o atirador

pode me atirar
facas pedras pérolas
estou aqui
nua e oferecida

pode me atirar
balas bombas rosas
estou aqui
cega e estremecida

quero ser
seu alvo
sua vítima
a mulher de sua vida

7 comentários:

moacircaetano disse...

Ai!
Daqueles perfeitos, de encher os olhos, fada-madrinha!
Parabéns, você cometeu mais um!
O ritmo, a precisão, a classe!

Bia Pedrosa disse...

o alvo, a mira, a vontade de ser única e eterna.
gostei daqui!

J.F. de Souza disse...

Sem palavras também...

Só sobram bajulações!

ISSO TÁ LINDO!!! =D

Leandro Jardim disse...

Realmente milimetricamente preciso! Muito bom! adorei!

A czarina das quinquilharias disse...

ele que se atire!

aline disse...

certeiro por linhas tortas.
ele há de chegar.



(L)

Henrique disse...

que legal, ritmico, musicaria!

muito gostoso