segunda-feira, outubro 06, 2008

aviso

Te ofereci uma nota
pela noitada
mas você me deu um tapa
(Tapada!)
E depois deu o fora,
sua desaforada,
você ainda me paga
você vai ser é
apagada,
e vai ver como eu me safo,

depois de te descer o sarrafo,

safada.

10 comentários:

Thiago disse...

lembrei do Caetano "Não enche"

:)

J.F. de Souza disse...

Coitada... =P

Ramon Alcântara disse...

Nooossa! Lembrei de Zé Chinelão...... tadinho!


abzzz

Leandro Jardim disse...

hehe... muito bom, líricas rimas :)

Remo Saraiva disse...

Nada como a Czarina...
;)

Bjs,
REMO.

moacircaetano disse...

hahahahah!
adorei!

Mariana disse...

ahahahah... tsc tsc tsc...
vou viciar nisso aqui.

aline disse...

ah, malvada.

Sandra Regina de Souza disse...

belas e poéticas sacadas!! Isso é Czá!! bj

VaneideDelmiro disse...

Também lembrei de "não enche" (Caetano Veloso).
O "sua desaforada" pra mim foi (é) o ponto alto do poema. Mais que um aviso, um desabafo!
Muito bom!