quinta-feira, outubro 02, 2008

sacrolavoro

escrevo porque sou escravo
e escrever desse lado
não é pecado

escrevo porque sou escriba
mesmo que o meu escrever
jamais me tire da pindaíba

escrevo porque sou escroto
e é por isso
que eu ando roto

escrevo porque me sacia
e as letras que sonho à noite
exponho-as à luz do dia

escrevo porque dá barato
e as palavras são para mim
como moças de fino trato

escrevo porque dá tesão
é coisa que vem de dentro
não tem explicação

4 comentários:

aline disse...

obra-prima, meu caro.


eu te amo e isso é fato.

Sandra Regina de Souza disse...

ainda bem que vc escreve!! e eu posso ler vc!! bj

moacircaetano disse...

Rapaz, e dia desses conversávamos sobre ritmo...
esse é música pura!
muito bom!

J.F. de Souza disse...

escrevo pra me fazer escutar
porque a voz não sai
mas há palavras que estão presas
e as quero libertar