domingo, novembro 23, 2008

a vida se dissolve?

quando viver
se torna
um problema...

a morte
se torna
solução?

12 comentários:

Sandra Regina de Souza disse...

muito boa a sacada do título com o último verso... ADORO!!!! (e que pessimismo, moço!!... poema triste!!)

J.F. de Souza disse...

Relaxe, querida! O pessimismo é só poético! ;-)

Pavitra disse...


calro que a pergunta não é pessoal, e muito menos pra mim, mas vou deixar uma cosita aqui... rs

tenho uns eus diversos
uns etéreos outros eternos
e alguns me (e)levam aos infernos
(há um para cada d'eus)

e eu não tô nem aí
se tudo vai terminar
em fogo ou em água
se vou virar cinza ou alga
ou algo assim lá no fim

se for-deus quem nos pariu ( ! )
mate eus e que os embale

que eu tô aqui pra curtir!

moacircaetano disse...

Sim, é sempre solução
sair pela tangente,
esquecer que a gente
é gente
e tornar-se nada.
É fácil uma escapada.

Sim, é sempre solução
fingir que não é com a gente,
fazer cara de contente
enquanto leva porrada
e beber até a próxima calçada.
Depois não se lembrar de nada.

Sim, é sempre solução
escolher a saída mais próxima,
a desculpa mais clássica,
o soluço mais bêbado,
a mentira mais rápida.

E a morte, maior das mentiras,
às vezes parece mágica.

Sim, é sempre solução
ser amorfo e covarde.
Esses já vão tarde.

(Desculpe o jornal... rs... mas é que o seu poema foi inspirador! Grande Jeff em grande forma!)

Henrique disse...

Mas quando se já está morto em vida como a Clarisse?

J.F. de Souza disse...

Fica a pergunta do título.

Gabriela Galvão disse...

D vz em qd eu posto umas 'meiguices' tipo essa aih (com menos talenta, hah!) e nego se preocupa, mas talvez seja improcedente, hahahahahaah

Abraço

Marrí Franco disse...

Em verborragia
Viver é mesmo a solução

Luz..

Sabrina Sanfelice disse...

Dissolver: Fazer passar (uma substância) para a solução

Solução: ato ou efeito de sorver

Sorver: Dissolver

Adoro essas conexões.

Múcio L Góes disse...

eis a ocasiao emq a soluçao, em si, gera um problemaO.


quero morrer velho, e de amor.

poemaço! \o

aline disse...

pois eu quero ir logo.

Thais Zimerer disse...

Nossa, errei o nome do blog! Sorry!
Já arrumei a cag...
Valeu!