quarta-feira, abril 04, 2007

(Des)soneto

Ah, amor incontido, penetrante
Amor não correspondido, distante
Sonho perfeito, pela mágoa desfeito
Profunda saudade, incondicional,

Ah, amor inconsciente, permanente
Amor não permitido, pleno, ausente
Sonhos desfeitos, pela mágoa imperfeita
Saudade que esmaga, angustia

Sólido amor, impossível
Destinos cruzados
Caminhos interrompidos

Hora incerta, amor tardio
Perfeito sonho imperfeito
Saudade, amor ausente

Ricardo Rayol
_____________________________________________________

Seus escritos têm a cor da força, têm o cheiro intenso, têm o gosto de todos os sentidos... Adoro o que ele escreve, aqui !!! Ricardo Rayol, meu convidado dessa semana. Permitam-se descobrir qual é cor das suas letras... :)

10 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Nanna, muito me honrou ter esse pequeno escrito publicado aqui. Obrigado pelo carinho e pelo convite.

moacircaetano disse...

A beleza sempre imortal dos sonetos...
Belíssima escolha, Nanna!

Juliana Pestana disse...

Amor, amor, lascivo amor... faltam as palavras e sobra olhares e sonhos derramados.

Lindo texto do seu convidado, Nanna. Mais bela ainda foi a sua apresentação.

Mário Margaride disse...

Belíssimo texto! Cheio de força, de garra. Gostei muito!

Beijinhos

http://avano2006.blogspot.com (Canto poético)

Pata Irada disse...

Nanna
Esse poema é para mim o número 1.

Ah, amor inconsciente, permanente
Amor não permitido, pleno, ausente
Sonhos desfeitos, pela mágoa imperfeita
Saudade que esmaga, angustia

Lindo!

Claudia Perotti disse...

Sou suspeita para falar desse moço! Ele tem as letrinhas nas pontas dos dedos e quando escorrem junto com os sentires só pode dar nisso: Muita beleza!

Beijinhossssssss, Ri

Mary disse...

Esta Semana está maravilhosa!

Adorei!

Bjuss

Saramar disse...

Ricardo, tão novo e tão encantador na força dos poemas, nos versos que parecem facas a nos desafiar... eu adoro os versos dele.

Excelente escolha.

beijos

Leandro Jardim disse...

Puxa, muito bom mesmo!

seja bem-vindo
bela apresentação!


abraço
Jardineiro

Poemas e Cotidiano disse...

Rick! Que coisa mais linda de soneto! Simplesmente AMEI!!!!!!!!!!!
Maravilhoso meu amigo. Diria: perfeito!
Um beijo carinhoso
MARY