segunda-feira, abril 30, 2007

.amanhecer


Amanheci em ti
Ensolarada em nós
Perdi os ditos
Reli os não ditos
E em lugar algum cheguei.
Então voltei,
Retomei as meadas,
Marquei novos passos
E em novos ciclos
Vaguei.

4 comentários:

Marcos Côrtes disse...

Vagar em poesias, em si mesmo(a).
Até chegar em um novo lugar, algum.

Nossos mundos só tem sentido estando
circunscritos por outros mundos.
Desejosos mundos,
espetaculares e mundanos.

Outro não (m)eu. Vós não existe.
Romantismo


; )

Leandro Jardim disse...

ah o ato de vagar e divagar pela poesia devagar... sempre belo!


beiJardins

Múcio Góes disse...

doce, como Alhi na tarde chuva.

:*

Mary disse...

Lindo, nêga!

Doce amanhecer... :)

;***